Entrada da casa
| |
door-984745_1920
Se voltarmos ao estilo de moradia das mais antigas civilizações, percebemos que a entrada da casa tem um papel importante e significativo. Eles cultivavam a importância de ter uma entrada em ordem e limpa. Era muito comum o uso de talismã de proteção.
Atualmente em algumas culturas isso ainda prevalece: Os Judeus usam o  Mezuzá, no Japão o gatinho Maneki Neko está presente na entrada, na Índia, normalmente usa o elefante virado de costas, na China o uso do Ba-guá na porta da entrada. Em algumas casas europeias aproveitando o contexto do jardim colonial são colocadas duas estátuas de leões, simbolizando a guarda do imóvel.
Aqui no Brasil principalmente na cidades do interior é muito comum o uso de ferraduras de cavalo, que simboliza – boa sorte e proteção. Já no nordeste brasileiro as caracas são sempre as primeiras a serem avistadas na entrada da casa.
Para os praticantes da arte de Feng Shui – Ba-guá espelhado colocado acima do batente – tem o “poder” de devolver todas as energias negativas que poderá entrar em sua casa.
As plantas também tem a função de proteger a entrada da casa, em especial algumas espécies popularmente conhecidas por afastar as más energias: espada de são jorge, comigo ninguém pode, pimenteira etc.
Analisando o desenho de uma casa (aquelas que desenhávamos quando criança) as janelas são os olhos e a boca a porta de entrada.
 
– Assim, se você me perguntar:
Por onde entra a prosperidade na minha casa?
A resposta será: Entra pela porta entrada oficial – a boca da casa.
Agora é a sua vez:
Faça uma análise da sua porta de entrada, ela está facilitando e atraindo coisas boas?
Acompanhe o Ateliê Casa & Natureza nas redes sociais:
FACEBOOK  │    INSTAGRAM    │   PINTEREST 
Receba uma vez por semana, conteúdo exclusivo, material sobre harmonização e descontos> Cadastre

Casa e Natureza, por Cristiane Meloni © 2016 - Design por Susan Santos e Codificação por Sara Silva