Quando a pausa é inevitável…
| |

Olá

Na última semana a indisposição me obrigou a ficar quietinha (de verdade). Uma dor de garganta e dores pelo corpo fizeram com que eu adiasse meus compromissos, projetos e rotina.

Mas eu fiz do meu repouso um momento para pensar e refletir como anda minha vida, meus sonhos de curta e longa distância e as obrigações rotineiras do dia-a-dia.
Constatei  mais uma vez que a organização e o ato de delegar é essencial a todo o momento e principalmente nessas horas em que devemos permanecer em repouso.

Comentei com uma amiga, mãe pode ficar doente por um curto período (1/2 dia no máximo)… Curtíssimo período. (Isso faz nossa vida intensa e agitada), mas com boas conversas consegui conciliar e ainda ganhar mimos dos filhos.

Mas a grande lição ficou por conta da auto análise e entender o que o corpo pede. Não estou 100%, digamos 70%, mas a semana promete!

Abraços fraternos e bom mês de Junho para todos nós.

│Acompanhem minha semana no Instagram @atelienatureza  e na fanpage: Atelienatureza

  1. Responder
    jun 08, 2015

    Oi Cris, nem me fale isso! Aqui em casa é proibido mãe ficar doente, a casa fica de pernas para o ar… e todo mundo fica parecendo baratinha tonta, de um lado pro outro sem saber o que fazer! rsrsrs
    Mas somos humanas e algumas vezes ficamos doentes sim! Aí é rezar pra melhorar logo e ter muuuita paciência com a bagunça.
    Melhoras pra você, beijos.

  2. Responder
    jun 18, 2015

    Tem horas que a vida nos obrigada a parar mesmo.
    Mas é bom, aprendemos muito a valorizar a rotina com essas "pausas".
    Abraços ♥

Casa e Natureza, por Cristiane Meloni © 2016 - Design por Susan Santos e Codificação por Sara Silva